Celcom na Malásia investindo US $ 98.5M em LTE

operadora de telefonia móvel da Malásia Celcom vai investir 300 milhões de ringgit (US $ 98500000) para apoiar o desenvolvimento contínuo e modernização da sua rede (LTE) evolução a longo prazo que é esperado para lançar serviços de LTE em janeiro de 2013.

A Apple; Estes iPhones e iPads serão todos se tornam obsoletos em 13 de setembro; Mobilidade; livre iPhone 7 a oferta da T-Mobile requer custos iniciais e muita paciência; iPhone; Aqui está o que os proprietários de Android fazer quando a Apple lança um novo iPhone; Inovação;? Mercado de M2M salta para trás no Brasil

Em um relatório de quarta-feira, Teh StarOnline citados CEO Celcom Seri Shazalli Ramly para dizer o investimento será repartido por três anos. A empresa tinha construído vários sites para demonstrar as capacidades da LTE, acrescentou. Em relatório separado por Bernama nesta quarta-feira, Shazalli disse que a operadora de telefonia móvel será capaz de oferecer serviços de LTE em janeiro de 2013 uma vez que recebe a aprovação do governo.

A Comunicação e Multimedia Comissão da Malásia anunciou late-quarta-feira que oito empresas, incluindo a Celcom, foram autorizados a aceder a banda de espectro de 2600MHz do país para serviços LTE. As outras sete empresas foram DiGi Telecommunications, Maxis Broadband, Packet One Networks, Puncak semangat, REDtone, U móvel, e YTL Communications.

O governo da Malásia no ano passado foi; criticado por sua distribuição de LTE; licenças, com analistas de mercado questionando se o mercado era suficiente para sustentar nove licenciados.

Em outros lugares na região do Sudeste Asiático, três operadores móveis de Cingapura já lançaram serviços LTE, com M1 a; primeiro a oferecer serviços comerciais LTE em junho de 2011. Nos; Filipinas, redes LTE foi ao ar em 2011.

Estes iPhones e iPads serão todos se tornam obsoletos em 13 de setembro

iPhone livre 7 a oferta da T-Mobile requer custos iniciais e muita paciência

Aqui está o que os proprietários de Android fazer quando a Apple lança um novo iPhone

? Mercado M2M salta para trás no Brasil